Origem da Dança: no Brasil e no mundo

Dança do Ventre é o nome dado à Raks el Sharki, que significa Dança do Oriente. Supõe-se que essa arte milenar tenha surgido no "crescente fértil" por volta de 7 mil anos. 
Digo "supôe-se", pois não há provas científicas até o momento.
Descoberta e amada pelos árabes, a dança do ventre ganhou o mundo e recebeu várias influências culturais.
Hoje ela tem sido preservada por tribos, como a "Ghawazee" no Egito. Apesar dos séculos, preservam a dança e a música em sua forma original.
Durante a era "Orientalista, século XIX, houve um grande interesse do mundo pela cultura oriental. Assim como a música e a arte, a dança ficou conhecida na Europa e no mundo. A Dança Árabe foi apresentada oficialmente ao público em 1889, na Mostra Mundial de Paris e em 1893, na Exibição Mundial de Chicago. Desde então, dançarinas orientais sairam de seus países de origem e levaram essa arte para todo o mundo.
No caso do Brasil, ela surgiu com os primeiros imigrantes da Síria e Líbano, em 1880.
Provavelmente fugindo da guerra civil, a bailarina palestina Shahrazad aqui chegou por volta de 1957. Lecionando em sua casa, Shahrazad forma a primeira geração de profissionais de Dança do Ventre no Brasil. Dentre elas está Lulu Sabongi, Samira e Zeina.
Durante esse percurso, a Dança do Ventre recebeu influências  que enriqueceram ainda mais o seu conteúdo e beleza! Hoje é amada por mulheres do mundo todo!




Elen Hanna